terça-feira, 6 de outubro de 2009

Em um piscar de olhos !



Pisquei os meus olhos e me vejo recostado no regaço maternal, sentindo o aconchego e o conforto deste momento eterno,
Novamente pisquei e estou dando risadas junto aos meus irmãos e mãe, o mais curioso é que a situação real de minha vida longe de ser engraçada estava;
Estes momentos faziam tudo valer a pena.

Pisquei os olhos e estou conhecendo aquela que seria a minha companheira de vida;
Sentado na sala de aula vejo aquela menina entrar, com um sorriso no rosto e com uma luminosidade na face até então desconhecida para mim;
Lembro-me da primeira vez que a vi.
Pisquei meus olhos e me vejo em três momentos distintos, porém semelhantes.
Estou ao lado de minha esposa e recebo em meus braços cada um de meus filhos,
Momento impar que não cabe em palavras.

Pisquei meus olhos e retorno a minha infância a momentos de choro e lamentos e também de alegrias e traquinagens;
Momentos de dores e desconforto, mas também de sossego e gozo;
Posso me lembrar minuciosamente de muitos destes momentos,
Eles estão vivos em mim porque fazem parte do que sou.

A verdade, é que em um piscar de olhos eu sou, e em outro não mais serei.
Somos o que vivemos, somos o momento e os momentos não são temporais,
Eles são eternos.

A cada piscar de olhos vamos acumulando as fotos que fazem a nossa historia.
Os nossos olhos fotografam e registram cada momento de nosso viver,
Podemos em qualquer tempo abrir o nosso álbum e saber que certamente vivemos.
Fica o registro vivo do que somos e não do que fomos;

Tudo isso em um simples: PISCAR DE OLHOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário