terça-feira, 17 de novembro de 2009

Eureka !





Estive olhando este mundão,
Percebi que nem todos olham na mesma direção.
Vi o azul que de tão profundo, no céu parece a única cor do mundo.
Quando fui falar sobre o azul, esta minha grande descoberta ,
Você veio me dizer do verde lá da floresta.
E eu lá quero saber do verde se o azul é tão mais belo?
Este sim é o que eu quero!

Senti que o doce é o sabor verdadeiro,
Fui te contar e levei um brigadeiro.
Chegando lá você nem deu confiança, só se preocupa com a balança.
La ficou o brigadeiro objeto de meu desejo.
Como você é irritante,
Foi tomar um chazinho puro com adoçante.

Bom é dar risadas no meio de toda algazarra,
Ninguém entende ninguém, papos rolam aos montes,
Musica eletrônica... E você?? Te vejo atônita!
Você gosta do João Gilberto, aquela voz "diminuta",
De contemplar as estrelas ouvindo o som do silêncio,
Do papo intimista que se da olho no olho.

Será que posso exigir que seja igual a mim?

Ser eu é muito chato comigo sempre concordo,
Comigo sempre acordo e me levo pra onde vou.
Você já é diferente sempre me surpreende com coisas que eu não sou.

Acho que estou aprendendo, aos poucos e nem sempre entendendo.
Eu vou sendo eu e você sendo você e quando menos perceber;
Serei mais eu com você, do que era quando era só EU.

Um comentário:

  1. Que lindo meu irmao...tudo e olha que neste momento de minha vida me identifico demais com esta foto!!! Te amo!!!

    ResponderExcluir